Biometria Comportamental por Localização - A nova Identidade Digital

A forma como alguém se movimenta pelo mundo é impossível de imitar.

Nosso deslocamento físico ao redor do mundo a cada dia cria um padrão de localização que é único para cada um de nós. Para pra pensar um pouco sobre isso: quantas pessoas no mundo percorrem o mesmo caminho todos os dias de sua própria casa até uma mesma loja, uma ida à pé ou de bicicleta até o local onde trabalha? Os lugares que cada um de nós visita e quando os visitamos compõem o nosso padrão de comportamento, que é único. Mudando em tempo real conforme nos movemos, o comportamento de localização cria uma impressão digital dinâmica que é extremamente difícil - para não corrermos o risco de dizer “impossível” - de ser imitada. Isso faz do comportamento de localização uma poderosa ferramenta de identificação, porém, como muitas coisas poderosas, é um desafio utilizar e é necessário ter muita responsabilidade.

Para utilizar a localização como identidade, a tecnologia utilizada precisa abraçar quatro características principais - acurácia, precisão, eficiência e privacidade.

A acurácia e precisão dos dados de localização são os detalhes que distinguem nossos padrões de comportamento dos de nossos vizinhos, e os usuários legítimos de fraudadores. A acurácia, ou a capacidade de determinar a verdadeira localização de um dispositivo, e a precisão, ou seja, a consistência dos dados de localização coletados, são ambos críticos para garantir que os dados sejam confiáveis e distinguíveis.

A eficiência da coleta de dados também é essencial para garantir que os dados de localização possam ser continuamente atualizados. Uma impressão digital de localização - ou fingerprint de localização, como gostamos de chamar por aqui - precisa ser atualizada em tempo real, de modo que inclua detalhes suficientes para ser utilizada como um identificador único. Saber quando e onde coletar dados torna possível chegar neste nível de detalhe, sem esgotar a bateria de um smartphone e impactar a experiência do usuário. O poder de um fingerprint de localização, em comparação com uma impressão digital normal, é que ela é dinâmica, muda o tempo todo, então é impossível alguém roubar essa forma de identidade.

A última (e mais crítica) característica do uso do comportamento de localização como identidade é garantir a privacidade do usuário. Técnicas criptográficas e sistemas como a privacidade diferencial  tornam possível a desidentificação dos dados localização, ou seja, que mesmo se em posse de uma outra pessoa, não pode ser usados para chegar à identidade real do indivíduo dono dos dados. Embora seja responsabilidade de toda empresa de tecnologia de localização fazer da proteção de dados uma prioridade, na Inloco fazemos da privacidade nossa prioridade máxima. Usamos a abordagem privacy by design na concepção de todas nossa tecnologia, e desta forma, não requer captura ou armazenamento de Informações Pessoalmente Identificáveis. Portanto, além de criarmos uma nova forma de identidade digital, esta é também uma identidade privada.

Hoje, a verificação e autenticação de identidade baseada em informações estáticas, como senhas, documentos físicos e perguntas pessoais, estão sendo burladas por novas formas de fraude de identidade, incluindo identidades sintéticas e biometria roubada. Em contraponto, a identidade digital baseada em biometria comportamental de localização, cria um alvo móvel muito difícil de prever ou imitar e que não acrescenta nenhuma fricção à experiência do usuário. 

Trabalhando silenciosamente em segundo plano, a biometria comportamental por localização oferece a oportunidade de um novo tipo de identidade digital tornar nossa vida digital mais fácil e segura. 

Visite nossa solução Incognia para saber mais.

Conheça a solução Incognia

Mais recentes

Como o Pix promete mudar nossa relação com o dinheiro

O Pix promete transformar completamente a relação do brasileiro com o dinheiro, possivelmente, até o limite futuro do papel moeda sumir.

O impacto econômico e social do Pix - Pagamentos Instantâneos no mundo

Muitos países pelo mundo já implementaram sistemas como o Pix. Listamos 6 impactos econômicos e sociais que podem ser replicados no Brasil.

Quanta fricção cada banco digital impõe para os usuários no Brasil?

Conheça o Índice de Fricção no Onboarding e veja quais são os apps financeiros e métodos de verificação de identidade impõe mais fricção para os usuários.